Vira volta do governo cria crise na escolha dos administradores

ponto-de-interrogação-459x300

Não é de hoje que a sociedade Brasiliense aguarda á tão esperada decisão do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) na escolha dos administradores regionais. Mas esta promessa ainda pode estar longe de se tornar uma realidade.

Diante dos fatos e das burocracias o governador Rollembeg em uma reunião as portas fechadas em Águas Claras na data de ontem (4) tomou a seguinte decisão, transformar as 31 regiões administrativas em 7 grupos administrativos motivados pela crise financeira, e uma tentativa de apaziguar os ânimos dos pretensos candidatos à administradores. Segundo a decisão do governador que vai ser publicada no Diário Oficial do dia (5) criando os seguintes grupos:

 Segue exemplo:

Grupo 1: Cruzeiro, Plano Piloto, sudoeste e Octogonal, que até o momento terá como único administrador o Sr. Igor Tokarski.

Dando seguimento á esta ideia fica criado outros seguintes grupos regionais, Brazlândia, Taguatinga, Ceilândia e Águas Claras outro administrador, assim por diante.

 Até o momento os demais grupos ainda não foram fechados.

Mesmo sendo uma decisão que a população e sociedade organizada não aceitará, o governador Rollemberg garante que o povo vai colaborar com a indicação dos próximos responsáveis pelas 31 regiões administrativas. Mesmo sem qualquer previsão de quando vai acontecer a eleição para administradores que já é um anseio de muitos moradores.

 Até o fechamento desta edição não houve maiores informações.

 Por: Kadu Marques

Uma resposta em “Vira volta do governo cria crise na escolha dos administradores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s