Vereador de São Paulo Ricardo Young defende miséria para políticos corruptos

Ricardo

Em fala enfática no plenário do dia (9), o vereador Ricardo Young apontou a necessidade de uma legislação mais rígida contra a corrupção no Brasil. Ele destacou que o caminho “é mudarmos a legislação para acabar com a impunidade nesse país e que todo e qualquer corrupto viva na pele o prejuízo que causa à população”.

Sua fala foi impulsionada pelo posicionamento dos participantes da Tribuna Popular, que abordaram a transparência e a corrupção nas instituições públicas. A Tribuna Popular é um espaço para a manifestação da população na tribuna da Câmara Municipal de São Paulo. Para ter o direito à palavra, o cidadão precisa representar no mínimo cinco entidades ou movimentos sociais populares.

No discurso, Young lembrou o absurdo que é termos um Dia de Combate à Corrupção, comemorado em oito de dezembro. segue dizendo:

“Esse dia foi instituído pela Organização das Nações Unidas justamente para que as Tribunas do mundo inteiro tenham a oportunidade de falar sobre esse tema, que é um cancro na sociedade, na democracia, e no Brasil tem ocupado as primeiras páginas dos jornais ad nauseam. É impressionante como o tema da corrupção substituiu o tema policial nas páginas dos jornais.

O pacto das Nações Unidas, que regula a participação das empresas no mundo inteiro, incorporou como décimo princípio do pacto global, o combate à corrupção. Portanto, não é só um problema do corrupto, aquele que é passivo do processo, mas também do corruptor, que é o ativo no processo.

Só há duas formas de resolvermos esse problema da corrupção.

Uma: é jogar luz sobre as transações públicas, sobre os processos para que eles sejam os mais transparentes possíveis, e fazer com que a sociedade tenha acesso fácil e claro aos atos públicos. Nós ainda “rezamos a missa em latim”. A política ainda é cifrada. A legislação ainda é hermética. A forma com que os PL’s são feitos é para não serem lidos.

A forma com que eles são instruídos e apresentados é para não serem compreendidos pela população em geral. E é urgente que vocês nos ajudem “a rezarmos a missa na língua que todo mundo entenda”. Todos os avanços da tecnologia e da mídia digital devem possibilitar a apresentação da legislação e dos processos de forma completamente diferente. O nosso processo legislativo é arcaico e muito da corrupção se deve a esta linguagem cifrada do “legalês” que, muitas vezes, esconde segundas intenções no processo legislativo.

A segunda: coisa que precisa ser feita para combater a corrupção é o fim da impunidade! até admitimos que hoje há mais combate à corrupção do que havia antigamente. Podemos até admitir que as operações da Polícia Federal, o número de prefeitos, aqueles candidatos que não puderam se candidatar pela Ficha Limpa, tem representado algum progresso. Mas o que acontece com os corruptos nesse país?! Mal perdem o seu patrimônio! A punição aos corruptos aqui no Brasil deveria ser dar aos corruptos a condição de viver a miséria que eles acabam causando para a população mais vulnerável.

A Legislação que deveria ser aplicada aos corruptos, é que fossem viver nas favelas, nas comunidades, assentamentos e nos locais onde eles roubaram dinheiro do saneamento, subtraíram o dinheiro do transporte e das escolas. Eles deveriam ir viver nessas comunidades! Deveriam andar a pé, à noite, até a estação, até o ponto de ônibus mais perto, por quinze minutos, em ruas sem iluminação! Em ruas esburacadas! Deveriam viver em casas sem saneamentos.

Deveriam saber o que é criar seu filho entre ratos, baratas, por falta de saneamento. Eles deveriam passar as chuvas e as inundações em lugares de vulnerabilidade. Aí quem sabe veriam o mal que eles fazem para o país ao roubarem o dinheiro público. Enquanto tivermos uma legislação que é leniente e passiva em relação aos corruptos e corruptores, nós não vamos mudar esse cenário. É muito importante nesse momento da Tribuna Popular, se falar sobre corrupção mas, sobretudo, e mais importante, é mudarmos a legislação para acabar com a impunidade nesse país e que todo e qualquer corrupto viva na pele o prejuízo que causa e subtrai à população.”

Por: Kadu Marques

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s